Ads

Tecnologia do Blogger.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Aves da Península Valdés - Petrel Gigante

petrel gigante
petrel gigante aves marinas

petrel gigante

aves marinas petrel gigante

Petrel Gigante (macronectes giganteus)

Esta ave tão peculiar tem uma forma incrivelmente aerodinâmica. A distância entre as pontas das asas estendidas chega a 2 metros. Um macho adulto pode pesar até 5 kg. Tem como característica narinas localizadas na parte superior do bico, com forma de um único tubo nasal, mas dividido internamente em dois por uma divisão central. Põe apenas um ovo e ambos os pais compartilham a incubação e posterior alimentação do filhote por regurgitação.
Possui um olfato excelente e essa característica o ajuda a encontrar alimento na costa. Nem sempre come restos de animais mortos (pingüins lobos e elefantes marinhos), também se alimentam de filhotes de pingüins e de outras aves, e ovos. No mar, alimentam-se do lixo jogado por centenas de barcos pesqueiros, que jogam os “peixes que não servem para o consumo”, ou seja, toneladas de peixes mortos que diariamente são jogados ao mar. Os restos dessa depredação humana estão fazendo com que as aves como o Petrel Gigante tenham mais comida e, com isso, tenham mais capacidade de sobrevivência que o normal e um ciclo de reprodução muito mais fértil. Em função disso, atualmente, estas aves estão tendo um aumento desproporcionado de sua população comparado com os anos anteriores.
O monitoramento de exemplares demonstrou que estas aves voam distancias incríveis. Um exemplar marcado com um anel na Nova Zelândia foi visto uma semana depois nas costas patagônicas, o que significa que voaram mais de 5000 km em menos de 7 dias, sobre a água!!!